Templates da Lua

Histórico

+ veja mais

Votação

Dê uma nota para meu blog

Outros Sites

XML/RSS Feed
O que é isto?

Leia este blog no seu celular

Visitante Número

19/10/2010

A garota do boné roubado.

-É complicado né? -Ele disse ao ver aquela garota que por ali passava, ter seu boné roubado. Em um gesto simples e assustado ela apenas balançou a cabeça em sinal positivo e sumiu no meio daquela multidão que por ali estava.Ele por sua vez ficou a conversar com seus amigos, mas algo subconcientemente o fez virar para o outro lado e foi nesse instante que ele a viu e sua curiosidade e um misto de preocupação que ele até então não havia entendido o impulssionaram a ir perguntar a ela se tudo estava bem.
-Foi seu boné que roubaram?
E novamente com um simples gesto positivo ela o respondeu, porém agora emitindo o som de: -Sim.
O garoto sorriu e perguntou seu nome, assim como o de todos á sua volta e depois disso uma conversa desencadeou-se rápidamente. Em meio a muito falatório e risadas, resolveu dizer:
-Gostei muito de vocês!
E ela expontaneamente abraçou-o dizendo: -Também gostei de você.
Ele não viu outra saída e nem gostaria de ter tido outra, a não ser sorrir e abraçá-la também. Seus amigos perguntaram a ele se estava em compromisso e como não podia ser diferente a resposta que ele deu era a que não estava. Os amigos da tal garota então deram aquele pequeno empurrãozinho que fez com que os dois trocassem um beijo e dalí não desgrudaram-se mais.
Seria o destino roubando um boné e abrindo uma chance para novos sorrisos, novos pensamentos, novas expectativas, novas inspirações.
Eles então se despediram com uma certa tristeza sincera no olhar e logo o garoto ia de encontro ao caminho de volta para casa, mas a garota atrás dele veio e o abraçou novamente, lhe dizendo que não queria deixá-lo ir.
-Eu também não quero ir embora. -Falou ele com olhar e tom de voz triste.
-A vontade que eu tenho é de te levar daqui. -Ela disse.
Por fim os dois tiveram que se despedir e cada um deles seguir seu caminho.
O garoto foi dormir pensando na garota que havia conhecido e como não podia ser diferente, acordou pensando nela e em como poderia ter conhecido alguém tão especial em um lugar que jamais imaginaria encontrar. Ele se arrumou e saiu no outro dia, tinha um compromisso e quando estava prestes a chegar em seu destino, seu celular tocou, o número era desconhecido e então ele atendeu e aquela voz qual ele havia passado a noite inteira lembrando ecoou por seus ouvidos, ele não conseguiu conter um sorriso bobo e desacreditado em quanto a escutava.
-Estou com saudade de você. -Ele disse.
-Eu não parei de pensar em você. -Ela respondeu.
Ele mantinha seu sorriso bobo e desacreditado e a respondeu: -Também não parei de pensar em você.
E foi assim, durante toda semana os dois conversavam por telefone e marcaram de se encontrar novamente no final de semana e assim foi feito.
Agora só o tempo responderá o que poderá ser a continuídade do começo de toda essa história.


Bom gente, é isso ai.. prometo que logo mais respondo mesmo os comentários dos 2 últimos posts e visito o blog de vocês.Apaixonado


Escrito por Grila às 01h42
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]